Trabalhar com educação no Canadá.

Depois que escrevi o post anterior, muita gente ficou curiosa em saber como é possível ser estrangeiro e ainda assim professor de inglês no Canadá, concorrendo com os próprios canadenses. Vamos por partes:
Ser canadense ou nascido em um país onde a língua oficial é o inglês não credencia ninguém a ser professor do idioma nem mesmo garante que o indivíduo realmente saiba ler e escrever em inglês. Exemplo que temos com a língua portuguesa é o nosso Presidente da República que vive nas trapalhadas com seu sofrível português. Eu que não queria alguém com o domínio que ele tem do idioma Português dando aula para meus filhos. Com relação ao inglês e a qualquer outro idioma o exemplo acima também vale.
Muitos estrangeiros, inclusive o brasileiro, estudam muito mais gramática inglesa do que os próprios canadenses ou americanos. Isso é uma grande vantagem. Na escola onde eu trabalho 20% dos professores são canadenses e 80% são imigrantes, com inglês impecável mas um pequeno sotaque. Uma das professoras é escocêsa, onde o idioma oficial é o inglês, mas os alunos latinos e orientais sofrem para entendê-la já os alunos europeus acham lindo o sotaque que ela tem.
Para ser professor em escolas "independentes", ou seja, não regulamentadas pelas normas do Ministry of Education basta ser certificado pelo TESOL - Teachers of English to Speakers of Other Languages, Inc. (TESOL). Algumas (poucas) escolas não pedem para o profissional ser certificado mas a grande maioria exige a certificação. Os cursos do TESOL são oferecidos em muitas das escolas de idiomas e nos colleges como o conhecido George Brown, que é um pouco mais caro mas muito reconhecido.
Os professores certificados ganham em média de $ 15.00 a 25.00/hora, dependendo da experiência e tempo de casa mas podem ganhar muito mais como professores na China, Coréia e Japão onde recebem em média $ 50.00/hora. Muitos dos professores que conheço já moraram na China ou Japão. Algumas escolas também pagam um bônus de tempos em tempos, mas aí cada empresa tem seu critério.
Ser certificado pelo TESOL garante reconhecimento em vários países, incluindo o Brasil. Caso você resolva voltar a morar no Brasil você terá uma profissão, que ao meu ver, terá demanda por muitos anos ainda e o certificado irá distingui-lo dos paraquedistas, que depois de passear pela Disney voltam ao Brasil auto-intitulados "professores de inglês".

*Rafael Tabosa: sou suspeita para indicar escolas de inglês no Canadá já que vou indicar a escola que sempre tive parceria comercial: Stewart College (Victoria - BC). Veja o link aí ao lado.
Caso você queira saber mais sobre as escolas eu sugiro este site aqui.
Lógico que receberei 4 alunos para o preparatório do IELTS ano que vem. Existe a possibilidade de eu fazer um preparatório para o IELTS em Campinas no início do ano de 2008. Se alguém estiver interessado é só escrever.

6 comentários:

Paula Regina disse...

Falou e disse!Nós que trabalhamos com o idioma sentimos na pele e sabemos muito bem o quanto ele é "estuprado" diariamente (qualquer que seja o idioma). No Brasil me incomodava muito o fato de um idioma riquíssimo como o Português ser tão surrado e aqui não é diferente, já detectei muito erro sofrível de gente que nasceu falando inglês.
bjs e tenha uma boa semana.

*PS: vc sempre me fazendo rir com as suas analogias!

Gean Oliveira disse...

Nany,

Será que posso abusar de sua boa vontade? Onde encontramos aqui em Toronto um bom curso de speaking? Pode ser em escola particular, ou mesmo as do governo?

Eu li o post que você falava de seu esposo e da dificuldade que ele tinha com as pessoas e concordo com tudo o que foi dito. Dessa feita, não sei se o governo oferece cursos bons e gratuitos apenas de conversação.

Voce poderia me indicar algum?

Obrigado!

Jão disse...

Nany,

Eu e minha esposa estamos começando nossas pesquisas no meio de 2008 devemos dar entrada em nosso processo, inauguramos nosso blog para melhor controlar nosso processo e ajudar as pessoas, lemos o blog de vocês e encontramos informações bem úteis, vamos disponibilizar o link em nosso blog.

Abraços

Jão e Cau

http://brincandonogelo.blogspot.com

ju k disse...

Excelente este post. Eu sou professora de inglês há alguns anos aqui em Floripa, fiz Letras Inglês e estou terminando meu Mestrado em fevereiro. Minha tese é 100% em inglês. Penso em migrar para o Canadá (quero fazer meu PhD aí)e estava preocupada, pensando que ia ter que virar cabeleireira (rs)ou sei lá o quê. Eu não tenho nenhum certificate, será que vou ter que fazer um curso para fazê-lo? Meu mestrado não vale nada? Valeu a dica.

Wagner disse...

Parab�ns pelo blog.
Como obter o certificado de tesol aqui no Brasil?

marina disse...

Olá! gostaria de saber se haverá o preparatório em Campinas!! Estou interessada... qual o valor?? por favor me escreva no marnavc80@hotmail.com
Obrigada,
MArina